Educação no campo

Como a tecnologia pode contribuir com a educação no campo?

A tecnologia está presente de forma bastante intensa no processo educacional. Independente da região geográfica, todos os estudantes e professores deveriam desfrutar das potencialidades oportunizadas pelas ferramentas tecnológicas. No cenário da educação do campo, a tecnologia desponta como importante meio de trocas e de possibilidades para enfrentar desafios e alavancar desenvolvimento e melhorias na qualidade de vida das populações.

Educação no campo

A educação no campo representa uma modalidade de ensino em ambientes educacionais de localidades dedicadas à agropecuária, agricultura, extrativismo, minas e em comunidades quilombolas, ribeirinhas e indígenas. O principal objetivo da educação no campo é o de universalizar o acesso à educação, por meio de formas de ensino-aprendizagem condizentes com os valores e práticas dos saberes ali produzidos.

Marginalização em relação aos modelos educacionais das cidades

Durantes muitos anos, a instituição escolar ficou concentrada apenas nas cidades, deixando à margem as populações de localidades distantes. E, mesmo diante da expansão do ensino para o campo e comunidades, as estruturas precárias e os métodos de ensino descolados da dinâmica social e produtiva da região ainda dificultam o fortalecimento do processo de aprendizagem.

Nesse sentido, o projeto político da educação no campo, geralmente encabeçado pelos movimentos sociais, busca superar as desigualdades de oportunidades educacionais, ao tempo em que procura valorizar a diversidade regional sem associa-la com “atraso”, mas reconhecendo a sua importância. Dessa forma, a elaboração de currículos pedagógicos e metodologias de ensino devem levar em consideração as formas de trabalho, a identidade cultural, a história e a organização social das regiões a fim de fomentar uma educação emancipadora. Entretanto, esse é somente um dos obstáculos enfrentados pela educação no campo.

Desafios da falta de estrutura e salas multisseriadas

Outro desafio relevante da educação no campo versa sobre a falta de políticas públicas e de investimentos que viabilizem a organização de uma rede de ensino consolidada. Para além das dificuldades pedagógicas, persiste a ausência de estrutura física adequada, de materiais didáticos, de ferramentas tecnológicas e também de qualificação profissional. As salas multisseriadas, por exemplo, retratam parte desse quadro, uma vez que refletem a escassez de recursos e também a distorção entre idade/série dos estudantes.

Em relação às salas multisseriadas, conforme a utilização e o suporte de recursos tecnológicos apropriados, o que parece um problema pode se tornar uma oportunidade. Muitos especialistas apontam que mais do que a idade, o que vai definir o que o estudante deveria estar aprendendo é o seu interesse, habilidades e desempenho. Dessa forma, as plataformas adaptativas permitem que o professor consiga identificar a singularidade de cada estudante e sua jornada de aprendizado.

Contribuição da tecnologia para a educação no campo

Diante de todas as questões levantadas acerca da educação no campo, os recursos tecnológicos podem ser pensados como instrumentos colaborativos para o desenvolvimento educacional e para a integração das comunidades ao cenário global. Nesse contexto, a escola representa um dos principais ambientes para a difusão tecnológica, corroborando com o processo de inclusão digital. Além disso, o uso das tecnologias também contribui na aplicação de metodologias ativas e na instrumentalização de um projeto político pedagógico que seja significativo aos moradores da região.

Por fim, a utilização da tecnologia possibilita, ainda, a conexão dos estudantes com outras realidades e também permite que mais do que consumidor de conteúdos, eles também possam assumir uma postura de produtor de conteúdos sobre sua cultura e localidade, o que contribui para fortalecer e afirmar sua identidade.

Mesmo nas regiões mais remotas, os serviços disponíveis na Plataforma Sagres podem auxiliar na implementação de tecnologias e na gestão de ensino para desenvolver a educação do campo e suas demandas específicas. Tem interesse nos nossos serviços? Entre em contato com um dos nossos consultores.

Compartilhar:
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter