Evasão escolar e tecnologia

Evasão escolar no ensino público: como a tecnologia pode combatê-la?

O fenômeno da evasão escolar, que ocorre quando o estudante abandona o ensino formal na escola, desponta como um dos mais graves problemas educacionais do Brasil. Na educação básica pública, que compreende o ensino infantil, fundamental e médio, o desligamento é mais recorrente nos últimos anos, embora o atraso na alfabetização também seja fonte de preocupação. Ou seja, a situação inteira se coloca como preocupante, uma vez que alarga as desigualdades sociais que poderiam ser superadas através da formação, ao tempo em que também representa prejuízo aos cofres públicos. Nesse contexto, a evasão representa um problema que resvala em toda a sociedade e necessita ser duramente combatida.

Razões da evasão

Em geral, a desmotivação em frequentar as aulas aparece como principal motivação para a evasão escolar. No entanto, essa desmotivação ou impossibilidade advém de causas difusas e algumas com raízes tão profundas, que somente uma série de mudanças estruturais e políticas públicas robustas garantiriam sua plena resolução, a exemplo do trabalho infantil, dos altos índices de desemprego nas famílias e problemas de saúde. No entanto, outras razões, como a falta de estrutura, dificuldade de aprendizagem, ausência de estímulo familiar, problemas de locomoção, podem encontrar algumas atenuantes no suporte tecnológico.

Tecnologia no combate à evasão

A tecnologia se apresenta como uma grande aliada na diminuição dos índices de abandono escolar, pois age em mais de uma frente. O apoio tecnológico pode contribuir tanto com os aspectos relativos ao ensino-aprendizagem quanto com os relacionados à gestão de recursos e ao acompanhamento pedagógico. O processo de evasão, em geral, não ocorre de forma repentina, mas por meio de indícios que podem ser monitorados e avaliados constantemente para atuação efetiva na retenção dos estudantes.

Sala de aula interativa

Dentro da sala de aula, uma das principais queixas dos estudantes é a de que não se sentem implicados no processo de ensino-aprendizagem, seja pela falta de perspectivas de aplicabilidade do conhecimento ou, ainda, pela dificuldade em acompanhar os conteúdos. Essa combinação de fatores redunda em desestímulo para frequentar as aulas e para se empenhar na formação. Especialmente nesses casos, a tecnologia pode contribuir, através das metodologias ativas, para tornar o ensino mais significativo e, assim, conquistar mais adesão.

Nas metodologias ativas, os estudantes assumem papel de protagonismo, conforme métodos de ensino mais participativos, dinâmicos e criativos com o uso da tecnologia. Sob essa ótica, o enfoque está na investigação, descobertas e na resolução de problemas.

Gestão e acompanhamento

A tecnologia colabora com os sistemas integrativos para melhorar a gestão dos recursos públicos destinados às escolas, informatizando todo o controle e funcionamento administrativo da instituição. Tais como: investimentos em qualificação docente; distribuição de merenda; logística de transportes e fornecimento de material – tudo isso pode ser melhor administrado por meio de plataformas integradas, a exemplo do serviço fornecido pela Plataforma Sagres. E, sem dúvidas, o investimento na qualidade da escola como um todo também é fator decisivo para a permanência do estudante.

O acompanhamento proporcionado por sistemas tecnológicos também se porta como crucial para diminuir a evasão escolar, pois permite monitorar detalhadamente o desempenho acadêmico do estudante. Nesse sentido, podem ser identificadas dificuldades de aprendizagem e demais obstáculos que estejam atrapalhando o rendimento ou frequência nas aulas. Com base nos dados levantados, a escola pode atuar de maneira personalizada ou desenvolver estratégias pedagógicas coletivas, de acordo com questões mais recorrentes. Ademais, a tecnologia também poder servir para estreitar os vínculos entre família e escola, tão importante para manter o estudante estimulado.

Plataforma Sagres

Diante desse cenário, as ferramentas fornecidas pela Plataforma Sagres na otimização de processos se apresentam como uma ótima alternativa para reduzir os números alarmantes da evasão escolar, sobretudo em decorrência da pandemia da Covid-19. Investir em tecnologias que possibilitam a melhoria na qualidade do ensino, da administração e de acompanhamento pedagógico é uma ótima estratégia para desenvolver e progredir com a educação pública no Brasil.

 

Compartilhar:
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter